quarta-feira, 17 de março de 2010

PARTICIPAÇÃO POLÍTICA: QUESTÃO DE CARIDADE



ENQUANTO VOCÊ LÊ O TEXTO, SUGIRO QUE CARREGUE O VÍDEO ABAIXO. A MENSAGEM É BELÍSSIMA E NOS CONVIDA AO EXERCÍCIO DA CONVIVÊNCIA RESPONSÁVEL.

De acordo com a questão 866 de O Livro dos Espíritos, a compreensão do sentido da palavra caridade, da forma como nos ensinou Jesus, inclui a benevolência para com todos. Desta maneira, podemos compreender como caridade todas as práticas que se comprometem com o bem-estar coletivo, das quais faz parte a ação política séria e responsável, tanto de eleitores como de detentores de mandatos e lideranças sociais.

Aqueles, portanto, que dizem não se preocupar com política e que apresentam variadas justificativas para isso (chatice do assunto, a incompreensão do sistema, a desilusão em relação ao tema ou qualquer outra desculpa) perdem uma excelente oportunidade de contribuir para o bem comum, ou seja, de agir caridosamente.

Queiramos ou não, as ações políticas interferem bastante na vida de todos nós, em especial na vida da população de menor poder aquisitivo e baixos índices de escolaridade, mais afetadas pelas políticas públicas (ou falta delas). Mesmo com todos os avanços, que foram expressivos nos últimos 20 anos, ainda temos mais de 30 milhões de brasileiros que vivem em condições de miséria, a concentração de renda é uma das maiores do mundo e 10% da população nacional é analfabeta. Se não bastasse isso, ainda temos os desafios urbanos, os elevados índices de violência e desemprego, os problemas no atendimento de saúde, a deficiência da infra-estrutura econômica e a ameaça aos nossos ecossistemas, além de tantos outros obstáculos para uma convivência digna, justa e harmoniosa, como a corrupção que, se não existisse, de acordo com a ONG Transparência Internacional, a renda média do brasileiro aumentaria 6 vezes.

Ser cristão e amar o próximo é desejar para cada um desses milhões de irmãos brasileiros o que queremos para nós mesmos. É abandonar o discurso vazio e vivenciar os ensinos do Cristo. E tudo isso também envolve uma participação política séria, seja como candidato, seja como eleitor.

Em anos como este a nossa responsabilidade se multiplica, pois devemos escolher 6 representantes políticos, fato que só acontece a cada 8 anos: presidente, 2 senadores, deputado federal, governador e deputado estadual. Colaborar positivamente neste processo de eleição é fundamental para que nossa sociedade alcance novos progressos. Caso contrário, poderemos passar muito tempo a lamentar o que ainda falta ser feito.

Mesmo sendo aproximadamente 5% dos brasileiros, nós, espíritas, temos muito a contribuir nesse processo, pois somos o grupo religioso de maior escolaridade do Brasil e que muito pode colaborar, através da educação e conscientização dos demais brasileiros quanto à responsabilidade na escolha dos nossos mandatários.


3 comentários:

  1. Thiago de Araujo Gomes18 de março de 2010 09:16

    É isso mesmo!
    As vezes achamos que o patrimônio público é do governo, e não valorizamos o nosso maior patrimônio.
    Se isolar da política é assinar um cheque em branco para quem quiser usar.
    Ontem aqui no RJ vi uma das maiores manifestações políticas dos últimos anos, se o propósito é justo ou não, isso não importa o que vale é mostrarmos o nosso poder de mobilização pelas nossas causas.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem lembrado Thiago. Grande parte dos brasileiros que vai votar este ano (os menores de 20 anos de idade) jamais deve ter visto uma manifestação popular de tão grande proporção, onde a sociedade se organiza na busca de interesses que considera importantes. A última grande mobilização foi para a saída do presidente que perdeu o mandato.
    Falta nós fazermos uma grande manifestação a favor da moralidade e contra a corrupção.
    Um grande abraço Thiago.

    ResponderExcluir
  3. Acredito q os cristãos e aqui em especial os cristãos espiritas, devem formar intuitivamente um "partido"de pessoas comprometidas com a verdade, a dignidade,a honestidade, enfim todos os valores ensinados pelo Mestre Jesus.
    Um abraço.
    Tucano Verde

    ResponderExcluir

Sua contribuição será muito bem vinda. Obrigado por participar. Que o Mestre Jesus nos ilumine.